O FIES 2021 é um dos programas que mais recebe inscrições todos os anos. Isso porque o programa vem auxiliando milhares de jovens que buscam ingressar em uma instituição de ensino superior particular. Para que isso seja possível, é preciso seguir os principais passos de inscrições e procedimentos do FIES 2021.

E reconhecendo que pode ser um processo um pouco trabalhoso, mas não difícil, reunimos suas principais informações. Então, continue lendo e saiba como fazer parte da rede FIES 2021 e comece um futuro brilhante com seus estudos!

FIES 2021

O Fundo de Financiamento Estudantil é um programa criado pelo Governo Federal, que procura financiar os jovens brasileiros com seus estudos.

Reconhecendo a situação financeira de nosso país, esse programa é procurado por milhares de jovens estudantes todos os anos, principalmente por aqueles que não possuem condições financeiras atuais para arcar com as mensalidades de Universidades particulares.

Esse Fundo de Financiamento Estudantil pode também ser solicitado por alunos que já estão frequentando algum curso superior e acabaram por se encontrar em situação de falta de dinheiro e para não deixarem o curso de lado, recorrem a este financiamento.

✓   Veja todas as vagas abertas no programa Quero Bolsa 2021

Sabendo disso, veja a seguir o que mudou e como você pode fazer parte do FIES 2021!

Novas regras FIES 2021

Recentemente, o programa decidiu realizar algumas mudanças no programa, para assim melhorar e expandir. Acontece que com as novas regras FIES 2021, é possível obter um nível maior de inscritos e com isso, mais jovens poderão realizar o sonho de concluir um curso superior.

✓ Veja também como realizar inscrições PRONATEC 2021

Veja todas as novas informações sobre o funcionamento do FIES neste vídeo completo sobre o financiamento estudantil do Governo Federal.

Como funciona o FIES 2021

Quando um estudante faz uma solicitação pelo FIES, ele deve estar ciente de que ele deverá devolver ao banco todo o dinheiro que ele pegou emprestado para o seu financiamento.

Porém, de acordo com as novas regras do financiamento, ao se fechar o contrato, o estudante firma um acordo de que irá pagar cerca de R$ 40 mensais enquanto faz o seu curso, para que desta forma, o seu valor diminua gradativamente.

Desta forma, quem não possui condições financeiras atuais acaba tendo mais tempo para pagar o curso, além de poder paga-lo, somente após a sua graduação e caso tudo dê certo, com um emprego na sua área de atuação.

Porém, para aqueles que possuírem mensalidades do FIES 2021 atrasadas, o programa abriu um canal de renegociação para que estes alunos possam voltar à normalidade com o financiamento, como declarado pelo portal G1, veja a seguir:

Estudantes que fizeram o contrato do FIES até o 2º semestre de 2017 terão até o dia 29 de julho deste ano para entrar com pedido de renegociação da dívida. Mais de 500 mil estudantes estão com parcelas atrasadas há mais de três meses.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *